CINE PASEO

SALA 1

FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS 2018

A maratona de filmes franceses já tem data para começar. De 7 a 20 de junho, o Circuito Saladearte recebe o evento, que no ano passado conquistou o ranking de maior festival francês do mundo, levando 180 mil pessoas aos cinemas. Em 2018 serão 20 longas-metragens da nova safra da cinematografia francesa e o clássico Z, de Costas-Gavras.

Porque assistir:

- Confira a programação

Diariamente

Local:

Shopping Paseo Itaigara, Rua Rubens Guelli, 135
Tel: 557130156867

CINE PASEO

SALA 2

PARAÍSO PERDIDO

De Monique Gardenberg. Com Seu Jorge, Erasmos Carlos, Júlio Andrade. Brasil. 2018. José (Erasmo Carlos) tem três filhos e é avô de um casal de jovens. Sua família, marcada por perdas e desencontros, tenta ser feliz numa antiga boate chamada Paraíso Perdido, onde cantam músicas populares e românticas. 1h50. 14 anos.

Porque assistir:
- "Poema boêmio, "Paraíso Perdido" é um convite a se discutir formações familiares erigidas na incongruência do querer, mas também um convite a se repensar convenções morais do nosso cinema." Rodrigo Fonseca (Estado de S. Paulo)

Diariamente - 10:20

MADAME (Madame)

De Amanda Sthers. Com Toni Collette, Harvey Keitel, Rossy de Palma. França, 2017. Recém-chegados em Paris, os americanos Anne (Toni Collette) e Bob (Harvey Keitel) organizam um luxuoso jantar para 12 pessoas. Quando uma presença inesperada faz o número virar 13, a supersticiosa anfitriã se recusa a dar chance ao azar e transforma a empregada Maria (Rossy de Palma) em convidada especial espanhola. 1h30. 14 anos.

Porque assistir:
- 90 minutos de puro carisma, diálogos engraçados e situações inusitadas. Um ambiente Woody Allen, fora dos Estados unidos. Muito frescor nessa grata surpresa.

Diariamente - 12:20

ENTRE-LAÇOS (Karera ga honki de amu toki wa)

De Naoko Ogigami. Com Tôma Ikuta, Rinka Kakihara. Japão. 2017. Tomo é abandonada pela mãe e passa a viver com o tio, Makio, e sua namorada, Rinko. Inicialmente com pensamentos confusos após descobrir que Rinko é uma mulher transexual, Tomo vai aos poucos descobrindo o verdadeiro sentido de família. 2h07. 16 anos.

Porque assistir:
- "A forma lúdica de lidarem com o problema que, na verdade, é mais dos outros do que deles, serve também como lição. E, à despeito de um ou outro percalço, este é o maior mérito dessa história: mostrar que, mais do que suas partes individuais, o que importa, em última instância, é o conjunto." Robledo Milani (Papo de Cinema).

Diariamente, exceto domingo - 14:00

ACERTANDO O PASSO (Finding Your Feet)

De Richard Loncraine. Com Imelda Staunton, Timothy Spall. Reino Unido. 2017. Casada há 40 anos, Lady Sandra Abbott descobre que seu marido tem tido um caso amoroso com sua melhor amiga. Ela decide começar a fazer aulas de dança comunitária junto da irmã e acaba descobrindo um novo sopro de diversão e romance em sua vida. 1h51. 14 anos.

Porque assistir:
- Com Imelda Staunton e Timothy Spall, ambos atores britânicos que interpretaram vilões na saga Harry Potter, que curiosamente nunca contracenaram na saga. "‘Acertando o Passo’ atinge suas batidas de comédia romântica com a eficiência de um relógio antigo.” – Variety.

Diariamente, exceto domingo - 16:15

TULLY (Tully )

De Jason Reitman. Com Charlize Theron, Mackenzie Davis, Ron Livingston. EUA. 2018. Marlo (Charlize Theron), mãe de três filhos, sendo um deles um recém-nascido, vive uma vida muito atarefada, e, certo dia, ganha de presente de seu irmão uma babá para cuidar das crianças durante a noite. Antes um pouco hesitante, Marlo acaba se surpreendendo com Tully (Mackenzie Davis). 1h36. Livre.

Porque assistir:
"O roteiro de Diablo Cody é afiado, como há muito não víamos. Através de pequenas nuances, ela diz mais do que aparenta e entrega um texto recheado de camadas. "Tully" é acima de tudo um filme existencial, que nos forçará a uma retrospectiva de nossas próprias vidas." Cinepop.

Diariamente - 18:15

AS BOAS MANEIRAS

De Juliana Rojas, Marco Dutra. Com Isabél Zuaa, Marjorie Estiano. França, Brasil. 2017. Ana contrata Clara, uma solitária enfermeira moradora da periferia de São Paulo, para ser babá de seu filho ainda não nascido. Conforme a gravidez vai avançando, Ana começa a apresentar comportamentos cada vez mais estranhos e sinistros hábitos noturnos que afetam diretamente Clara. 2h16. 14 anos.

Porque assistir:
- Prêmio Especial do Júri – Festival de Locarno 2017;
- Prêmio do Público – L’Étrange Festival – Paris;
- Melhor Filme, Melhor Fotografia, Melhor Atriz Coadjuvante para Marjorie Estiano, Melhor Filme LGBT (Prêmio Felix), Melhor Filme pela crítica FRIPESCI – Festival do Rio 2017.

Diariamente - 20:15

Local:

Shopping Paseo Itaigara, Rua Rubens Guelli, 135
Tel: 557130156867

CINEMA DA UFBA

MOSTRA DE CINEMA E HEALING – INVICTUS (Invictus)

De Clint Eastwood. Com Morgan Freeman, Matt Damon, EUA. 2009. Recentemente eleito presidente, Nelson Mandela (Morgan Freeman) tinha consciência que a África do Sul continuava sendo um país racista e economicamente dividido, em decorrência do apartheid. A proximidade da Copa do Mundo de Rúgbi, pela primeira vez realizada no país, fez com que Mandela resolvesse usar o esporte para unir a população. 2h12. Livre.

Porque assistir:
- A palavra invictus significa invencível, em latim;
- Nelson Mandela declarou que apenas Morgan Freeman poderia interpretá-lo em Invictus;
- Indicações ao Oscar 2010 para Melhor Ator (Morgan Freeman) e Melhor Ator Coadjuvante (Matt Damon).

Apenas domingo - 09:15

A CÂMERA DE CLAIRE (Keul-Le-Eo-Ui-Ka-Me-La)

De Sang-Soo Hong. Com Isabelle Huppert, Min-Hee Kim. Coréia do Sul. 2017. Numa viagem de trabalho ao Festival de Cannes, Jeon Manhee é demitida por sua chefe. Ao mesmo tempo, Claire, uma professora que sonha em trabalhar como poeta, sai pelas ruas tirando fotos em sua câmera Polaroid. Essas duas mulheres se conhecem e tornam-se amigas. Por acaso, as imagens de Claire ajudam Jeon a compreender melhor o momento pelo qual está passando. 1h10. 12 anos.

Porque assistir:
- "Com toda discrição do mundo, Hong Sang-soo nos joga ... na Babel do desejo, em que a vontade de ordenação do homem é sacudida por forças que não controla." Inácio Araújo (Folha de S. Paulo).

Diariamente - 12:50

AS BOAS MANEIRAS

De Juliana Rojas, Marco Dutra. Com Isabél Zuaa, Marjorie Estiano. França, Brasil. 2017. Ana contrata Clara, uma solitária enfermeira moradora da periferia de São Paulo, para ser babá de seu filho ainda não nascido. Conforme a gravidez vai avançando, Ana começa a apresentar comportamentos cada vez mais estranhos e sinistros hábitos noturnos que afetam diretamente Clara. 2h16. 14 anos.

Porque assistir:
- Prêmio Especial do Júri – Festival de Locarno 2017;
- Prêmio do Público – L’Étrange Festival – Paris;
- Melhor Filme, Melhor Fotografia, Melhor Atriz Coadjuvante para Marjorie Estiano, Melhor Filme LGBT (Prêmio Felix), Melhor Filme pela crítica FRIPESCI – Festival do Rio 2017.

Diariamente, exceto domingo - 14:10

FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS 2018

A maratona de filmes franceses já tem data para começar. De 7 a 20 de junho, o Circuito Saladearte recebe o evento, que no ano passado conquistou o ranking de maior festival francês do mundo, levando 180 mil pessoas aos cinemas. Em 2018 serão 20 longas-metragens da nova safra da cinematografia francesa e o clássico Z, de Costas-Gavras.

Porque assistir:

- Confira a programação

Diariamente

Local:

Av. Reitor Miguel Calmon, s/n. Vale do Canela. Ao lado das Faculdades de Educação e Administração – PAC (Pavilhão de Aulas do Canela)
Tel: 557132372331
Estacionamento Gratuito: estacionamento do PAC

CINEMA DO MUSEU

EM UM MUNDO INTERIOR

De Flavio Frederico, Mariana Pamplona. Documentário. Brasil. 2017. O registro da vida de famílias de classes sociais e regiões distintas, cujos filhos manifestam transtornos sensoriais ou cognitivos. Assim, o projeto busca compreender a percepção do mundo pelo ponto de vista dos jovens com Transtornos do Espectro do Autismo. 1h15. Livre.

Porque assistir:
- O filme foi selecionado para o festival brasileiro de documentários "É Tudo Verdade" em 2017.

Apenas sábado, domingo e segunda - 13:20

COMBOIO DE SAL E AÇÚCAR

De Licinio Azevedo. Com Thiago Justino. Portugal, França, Brasil, África do Sul, Moçambique, 1988. Em meio à guerra civil, militares escoltam um trem de carga lotado de mercadorias e pessoas que buscam uma vida melhor. Muitos viajam para trocar além das fronteiras sal por açúcar, escasso localmente, e o grande desafio da jornada cheia de atritos é superar ataques surpresas e sabotagens de grupo paramilitar liderado por homem que, segundo as lendas, se transforma em macaco. 1h36. 14 anos.

Porque assistir:
- Premiadíssimo filme do brasileiro radicado em Moçambique Licínio Azevedo.

Apenas sexta, sábado e segunda - 14:45

O PROCESSO

De Maria Augusta Ramos. Com Dilma Rousseff, Lula, Chico Buarque de Hollanda. Documentário. Brasil, Alemanha. 2018. O documentário acompanha a crise política que afeta o Brasil desde 2013 sem nenhum tipo de abordagem direta, como entrevistas ou intervenções nos acontecimentos. A diretora Maria Augusta Ramos passou meses no Planalto e no Congresso Nacional captando imagens sobre votações e discussões que culminaram com a destituição da presidenta Dilma Rousseff do cargo. 2h17. Livre.

Porque assistir:
Ovacionado em Berlim, o filme se preocupa com a articulação de uma quantidade imensa de informações de modo lógico, claro, e capaz de retratar ambos os lados sem caricaturar a oposição – embora tenha um posicionamento crítico evidente. Este é um cinema político assumido como tal, de vocação progressiva, libertária, de esquerda. Acima de tudo, é um cinema que acredita no valor da argumentação, elemento cada vez mais raro na sociedade e na mídia atualmente

Diariamente, exceto domingo - 16:30

UMA TEMPORADA NA FRANÇA (Une Saison en France)

Abbas (Eriq Ebouaney), um professor africano do ensino médio, tomou a difícil decisão de deixar seu país para ficar longe da guerra civil que assolava a África Central. Junto com seus dois filhos, partiu para a França buscando um recomeço e lá pediu asilo político. Depois de dois anos de espera, o pedido foi rejeitado pelo governo. Agora, prestes a ser expulso do país, ele precisa lutar com todas as suas forças por seus direitos.

Porque assistir:
"UMA TEMPORADA NA FRANÇA, de Mahamat-Saleh Haroun, é um comentário duro sobre a política de imigração europeia. Num tempo de intolerância generalizada, o filme é politicamente importante." Estadão.

Diariamente - 19:00

PARAÍSO PERDIDO

De Monique Gardenberg. Com Seu Jorge, Erasmos Carlos, Júlio Andrade. Brasil. 2018. José (Erasmo Carlos) tem três filhos e é avô de um casal de jovens. Sua família, marcada por perdas e desencontros, tenta ser feliz numa antiga boate chamada Paraíso Perdido, onde cantam músicas populares e românticas. 1h50. 14 anos.

Porque assistir:
- "Poema boêmio, "Paraíso Perdido" é um convite a se discutir formações familiares erigidas na incongruência do querer, mas também um convite a se repensar convenções morais do nosso cinema." Rodrigo Fonseca (Estado de S. Paulo)

Diariamente - 20:50

Local:

Av. 7 de Setembro 2195, Corredor da Vitória. Museu Geológico
Tel: 557133382241

Programação

CINE PASEO

SALA 1

  • 11:00 ÀS 20:30 (Diariamente) - FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS 2018

SALA 2

  • 10:20 (Diariamente) - PARAÍSO PERDIDO
  • 12:20 (Diariamente) - MADAME
  • 14:00 (Diariamente, exceto domingo) - ENTRE-LAÇOS
  • 16:15 (Diariamente, exceto domingo) - ACERTANDO O PASSO
  • 18:15 (Diariamente) - TULLY
  • 20:15 (Diariamente) - AS BOAS MANEIRAS

Cinema da Ufba

  • 09:15 (Apenas domingo) - MOSTRA DE CINEMA E HEALING – INVICTUS
  • 12:50 (Diariamente) - A CÂMERA DE CLAIRE
  • 14:10 (Diariamente, exceto domingo) - AS BOAS MANEIRAS
  • 16:30 às 20:30 (Diariamente) - FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS 2018

Cinema do Museu

  • 13:20 (Apenas sábado, domingo e segunda) - EM UM MUNDO INTERIOR
  • 14:45 (Apenas sexta, sábado e segunda) - COMBOIO DE SAL E AÇÚCAR
  • 16:30 (Diariamente, exceto domingo) - O PROCESSO
  • 19:00 (Diariamente) - UMA TEMPORADA NA FRANÇA
  • 20:50 (Diariamente) - PARAÍSO PERDIDO

Cine XIV

NOVIDADES

Inscreva-se para receber primeiro a programação e as novidades da Saladearte!

CIRCUITO SALADEARTE

Informações a partir das 14h

Telefones:

Paseo: 71 3015-6867/ UFBA: 71 3237-2331

Museu: 71 3338-2241/ XIV: 71 3321-4334

E-mail: marketing@saladearte.art.br

SALVADOR-BA

PARCEIROS INSTITUCIONAIS: